Canta Brasil - Luciano Santos
Bolsonaro ironiza levantamento sobre ataques contra jornalistas
Publicado em 21/01/2020
O presidente Jair Bolsonaro fez publicações em suas redes sociais neste domingo (19) ironizando o levantamento da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) que mostrou que ele foi o autor de 58% dos ataques contra veículos de comunicação e jornalistas no Brasil em 2019. "Pegaram o QI médio da galera da imprensa. Deu 58", escreveu ele para um apoiador que comentou em sua postagem. O presidente publicou uma imagem com o título da reportagem feita pelo UOL sobre o levantamento, acompanhada de risadas. "- KKKKKKKKKKKKKKK. - HAHAHAHAHAHAHA. - KKKKKKKKKKKKKKK.", escreveu Bolsonaro no Facebook, mesma rede social em que respondeu diretamente ao seguidor. Na pesquisa, divulgada na semana passada, a entidade contabilizou 208 ataques contra veículos de comunicação e jornalistas no ano passado. Destes, 121 foram praticados pelo presidente da República. A maioria dos ataques de Bolsonaro ocorreu em divulgações oficiais da Presidência da República, de acordo com a federação. Os registros foram encontrados em discursos e entrevistas -transcritos no site do Palácio do Planalto- e no Twitter oficial do presidente.