Bons tempos - Vando Oliveira
Empresa que opera na Bahia é investigada por supostas fraudes no mercado financeiro
Publicado em 04/09/2019
O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) investiga uma empresa que opera em Salvador suspeita de praticar fraudes no mercado financeiro, segundo informou o próprio órgão ao Bahia Notícias. A Promotoria de Justiça de Campinas pediu instauração de inquérito policial e o caso está com a Polícia. No início de agosto, a empresa Binary Bit, que tem como um dos sócios Ivo Calmon, promoveu um evento na capital baiana. O encontro que aconteceu na Arena Fonte Nova teve apresentação musical de Saulo Fernandes e até sorteio de um carro. Na marca do evento foi utilizado, sem autorização, o slogan da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que é uma autarquia vinculada ao Ministério da Economia responsável pela fiscalização do mercado financeiro. Em nota divulgada no site, a CVM diz que denunciou a Binary Bit ao MP-SP e à polícia por usar "indevidamente os nomes da autarquia e do seu superintendente geral, Alexandre Pinheiro dos Santos, com a finalidade de transmitir aparência de credibilidade para possível esquema de fraude, na modalidade de pirâmide".