Bons tempos - Vando Oliveira
Indicado para PGR, Aras avalia aceno a integrantes da Lava Jato
Publicado em 09/09/2019
Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) para o cargo de procurador-geral da República, o subprocurador-geral Augusto Aras definiu a estratégia dos próximos 15 dias, de acordo com o Blog de Andreia Sadi, do portal G1. Segundo o blog apurou, para tentar diminuir resistências ao nome dele, Aras já sinalizou a interlocutores estar aberto à manutenção de procuradores da Lava Jato "se eles quiserem assumir a continuidade dos trabalhos". Além de percorrer os gabinetes dos senadores, Aras buscará dialogar com as diferentes correntes políticas e tentar diminuir a resistência ao nome dele entre integrantes do Ministério Público, causada pelo fato de ele não ter integrado nem ter concorrido à lista tríplice da categoria. Na última sexta (6), ele já se reuniu com o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e, nesta semana, começará as conversas com a presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS).